A obesidade não para de subir

Por  Dr. Andreas Eenfeldt

Comer menos, correr mais. Fique atento ao seu equilíbrio energético. Isso é o que os americanos tem sido instruídos por décadas, mas a obesidade continua aumentando.

obesidade nos EUA2

Publicado no jornal New York Times: A obesidade sobe apesar de todos os esforços para combatê-la, autoridades de Saúde dos Estados Unidos dizem.

Dados recém-publicado mostram que, em 2013 e 2014 trinta e oito por cento dos adultos americanos eram obesos, um número impressionante e um novo recorde. Os números têm aumentado de forma constante desde o início dos anos 80, quando cerca de 15 por cento da população era obesa.

É claro que o que estão fazendo não está funcionando nos EUA, nem em qualquer outro lugar. Estamos atacando o problema a partir do ângulo errado. Precisamos parar com essa fixação ridícula do balanço calórico (um conceito que a Coca-Cola patrocinou).

O que nós comemos determina o quanto nós queremos comer. Esta é uma questão de qualidade dos alimentos – e, em seguida, a quantidade pode cuidar de si mesmo, através dos nossos sinais de saciedade e fome naturais.

É uma questão da regulação hormonal do peso, não de contagem de calorias. A obesidade não é um problema de física ou matemática, é biologia.

Até que a sociedade receba as verdadeiras questões fundamentais direitamente nós nunca iremos chegar à solução.

obesidade EUA

Níveis de obesidade nos diferentes estados em 1985, 1995, 2005 e 2014.

banner livro

O post A obesidade não para de subir apareceu primeiro em Primal Brasil.

Primal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *