Outubro Rosa: câncer de mama metastático não é mais visto como sentença de morte – Paraiba.com.br


Paraiba.com.br

Outubro Rosa: câncer de mama metastático não é mais visto como sentença de morte
Paraiba.com.br
Elfriede Galera, 61, tinha um plano para sua aposentadoria: dar uma volta ao mundo no veleiro que ela e o marido, Jadyr, estavam construindo. Em 2010, Frida, como é chamada, recebeu um diagnóstico de câncer de mama metastático e teve um apagão.
Campanha chama a atenção de mulheres para a prevenção contra o câncer de mamaPortal Uai (liberação de imprensa) (Assinatura) (Blogue)
'O câncer de mama não é o centro da minha vida', diz advogada ao compartilhar experiências contra doençaNE10
Câncer de mama metastático. Saiba o que fazer logo após o diagnósticoMetrópoles

todos os 4 artigos »

Saúde – Google Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *