Como funciona o desmame de medicamentos antidepressivos?

Interromper o tratamento com antidepressivos de forma abrupta pode fazer mal à saúde. Conheça as recomendações sobre desmame de antidepressivos e ansiolíticos, antes de descontinuar o uso desses medicamentos.

 

É grande o número de pessoas que fazem uso de medicamentos antidepressivos e ansiolíticos no país, para tratar transtornos de ansiedade, fobias e depressão, problemas muito comuns hoje. 

Para quem está iniciando o tratamento, é esperado que nos primeiros 15 dias o paciente sinta alguns incômodos, como enjoo, sonolência, falta ou aumento de apetite, boca seca, etc. A tendência é que após essa fase de adaptação os efeitos adversos se amenizem e até sumam.

O problema é que muitos pacientes acabam se sentindo desestimulados por causa desses efeitos adversos e interrompem abruptamente o tratamento, sem consultar o médico especialista.

O que pouca gente sabe é que essa classe de medicamentos demora, em geral, de 4 a 6 semanas para começar a fazer efeito. Não é de um dia para o outro, como se você estivesse tomando um analgésico para dor de cabeça

Veja também: Abstinência de antidepressivos | Artigo

Por isso, se você está iniciando o uso dessas medicações ou então já as toma há um certo tempo, algumas recomendações importantes:

  • Não interrompa o tratamento de forma abrupta, de uma hora para outra. 
  • Se for preciso trocar a medicação ou parar por qualquer outro motivo, você tem que descontinuar o uso, reduzir a dose da medicação até conseguir parar de tomá-la sem sentir tantos efeitos desagradáveis. 

Essa descontinuação deve ser feita lentamente, por conta da farmacologia dessas medicações, já que essas são drogas que têm uma meia-vida muito curta, ou seja, elas permanecem no organismo por um tempo inferior a 24 horas. Assim, se você para a medicação de repente, os níveis da droga no organismo caem depressa, causando efeitos indesejáveis. 

No geral, as diretrizes psiquiátricas recomendam que a descontinuação seja feita de forma gradual, num período de 2 a 4 semanas, nas quais se reduz devagar a dose terapêutica mínima. Por exemplo: se a dose recomendada era de 20 mg, o paciente pode tomar 15 mg por duas semanas, depois 10 mg e assim por diante. Até parar.

Mais uma vez: nunca pare de maneira abrupta. Você pode passar mal. Sempre converse com o médico que fez a indicação. 

The post Como funciona o desmame de medicamentos antidepressivos? appeared first on Drauzio Varella.

Drauzio Varella

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *