Por que quando estou ansioso minha concentração diminui?

Pessoas ansiosas focam intensamente naquilo que os preocupa, mas deixam em segundo plano assuntos do dia a dia.

 

O transtorno de ansiedade tem alguns sintomas clássicos que a maioria das pessoas já conhece como: preocupação exagerada, irritabilidade, medo de algo ruim acontecer, etc. 

Conversando com a dra. Danielle Admoni, psiquiatra especialista pela ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), ela me chamou atenção para um sintoma que muita gente nem imagina estar associado ao transtorno, como a falta de concentração ou falta de atenção, que resulta em inúmeros esquecimentos ou simplesmente na perda da memória recente. 

A pessoa pode estar interagindo com alguém, mas se esquece rapidamente de algo que foi dito ou então precisa consultar o relógio várias vezes para olhar a hora. Em tempos de pandemia de covid-19, em que houve um aumento de 30% a 40% dos quadros ansiosos, esse sintoma específico se tornou ainda mais frequente, principalmente pelo medo de alguém próximo adoecer ou se contaminar. 

“A cabeça do indivíduo ansioso fica a milhão com inúmeras outras coisas, e o cérebro gasta uma energia danada pra isso. Então esses assuntos cotidianos não acabam sendo foco naquele momento e são deixados de lado. É comum, por exemplo, esse paciente sempre esquecer onde colocou as chaves, se a porta da casa realmente está fechada”, revela a dra. Danielle. 

Parece contraditório, mas ao mesmo tempo em que há essa falta de atenção, o ansioso também é hiperalerta, mas para determinados assuntos que o incomodem e lhe causem angústia ou que estejam mal resolvidos. 

“Eu costumo dizer que o paciente com ansiedade é um indivíduo guloso. Ele acaba colocando tudo na mesma balança em questão de prioridades. Uma dica que eu dou é tentar colocar em perspectiva. Tentar não se descabelar por coisas que fogem do controle.” 

Para amenizar esse efeito de falta de concentração, a médica tem uma dica simples, mas que ajuda a melhorar a saúde mental: ter uma rotina. 

“Realmente tenha um horário para despertar, para dormir, para fazer refeições, horários de lazer. Porque senão você acaba ficando com aquela sensação de que não fez nada o dia inteiro e não fez nada direito e isso aumenta o estado ansioso, se você já tem predisposição”, finaliza a médica. 

Veja também: Entrementes #27 | Ansiedade na quarentena

 

The post Por que quando estou ansioso minha concentração diminui? appeared first on Drauzio Varella.

Drauzio Varella

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *